Adotamos gatinhos! E agora?

Em algumas saídas de metrôs no Rio de Janeiro está se tornando comum ter feira de adoção de animais nos finais de semana. Lógico que eu sempre passo por elas babando e querendo levar todos pra casa, mas adoção é coisa séria, então a gente passava, olhava, achava lindo mas sempre voltava pra casa e seguíamos nossas vidas. Mas era inegável que cada vez que íamos ficávamos mais apaixonados.
Logo das primeiras vezes que passamos, o Bruno adorou uma gatinha tricolor de 4 meses. Ela foi a única que ficou aceitando cheia de dengo os carinhos e isso chamou a atenção dele. Eu achei fofa também, mas tinha ficado brincando mais com uma outra.
Na semana seguinte falei com o Bruno que se ela tivesse lá ainda, que poderíamos pegar já que ele tinha gostado tanto, mas ele não queria. Dizia que tinha alergia, que o apto era pequeno pra ter gato, e todas essas enrolações. O que mais nos preocupava era a alergia, então fomos os dois pra fazer o teste. Eu não tenho a nada. Ele tem a tudo, menos gato! Ufa!
Alguns finais de semana passaram e a gente estava sempre indo só pra ficar olhando. Até que 1 mês depois, a gatinha que o Bruno tinha gostado ainda estava lá. Ela e o irmão tinham perdido a mãe (que morreu envenenada) e desde que tinham sido resgatados eles viviam em uma gaiolinha na casa de uma cuidadora temporária.
Decidimos depois de muita conversa que iríamos enfim adotá-los! Pensei que já levaríamos eles pra casa assim que decidíssemos, mas não é tão simples assim.

O processo de adoção

A feira de adoção que estamos falando é a do Projeto Resgate de animais. O projeto consiste em uma união de pessoas que decidiram agir em prol dos bichinhos, promovendo um evento de adoção para animais carentes. Eles resgatam os animais que estão nas ruas ou foram abandonados, cuidam, fazem exames, castram, vacinam, e colocam para adoção. Tudo com muita responsabilidade.
Antes de entregarem os bichinhos, nós tivemos que preencher um questionário com perguntas do nosso dia a dia e sobre noções de cuidados com um animal de estimação, além também de telar todo o apartamento. Eles não deixam adotar se você não tiver todo o apartamento telado (pra própria segurança dos gatos), então nós contratamos um profissional pra fazer isso e depois uma moça do projeto foi lá conferir se estava tudo certinho. Só após conferir tudo é que eles levaram os gatos.

A adaptação

Quando os dois chegaram a Chris estava recém castrada. Ela ainda estava com os pontos e ficava muito quietinha pelos cantos. Já o Chaplin havia sido castrado há algumas semanas e como a castração de macho é mais tranquila, ele já estava ótimo. Tão bem que passava o dia todo perturbando a Chris, o que em determinado momento começou a me preocupar o suficiente pra eu achar que teríamos que escolher só um dos dois pra ficar, já que pensei que ele estava deixando-a muito acuada quando ela tentava interagir com a gente. Mas depois de uns dias ela melhorou a passou a dar o troco nele toda vez que ele ia perturbar.
01
Untitled-1

O dia a dia

As duas frases que mais temos escutado ultimamente são:

  1. Dois gatos? Vocês são loucos.
  2. Prefiro cachorros. Gatos são frios.

Primeiramente, não queríamos separar os dois por eles serem irmãos e terem estado sempre juntos desde que nasceram. Além do que, se dá pra ter dois gatos, é melhor do que um só, porque um faz companhia pro outro. Eles brincam juntos o dia inteiro. Inteiro mesmo! E eles dormem juntinhos (o que nos mata de tanto amor quando vemos isso). E também por acreditarmos que eles viveriam melhor juntos do que separados. Então, não somos loucos. Fizemos apenas o que achamos que seria melhor para os dois.
Segundo ponto: preferir cachorros… De 10 pessoas que falam essa frase, 10 nunca tiveram gatos! Sério! Eu não estou dizendo que gatos são melhores que cachorros. Eu já tive os dois. E digo que são apenas diferentes. Normalmente quem diz que prefere cachorro se justifica falando que os cães são mais companheiros, mais carinhosos, e coisas desse tipo. Dizem também que os gatos são mais independentes, como se isso fosse uma coisa negativa, o que não é.
Pra gente, no momento, nossa melhor opção é ter gato. Gatos não precisam de tanto espaço pra brincar, além de não precisar passear na rua, e também não precisam fazer suas necessidades na rua (já que moramos em apto e eles não teriam quintal pra fazer). Os gatos fazem suas necessidades na caixinha de areia. E só fazem lá! Eles também não precisam de tantos banhos como os cachorros, já que eles “se dão” banho diariamente, e com isso não ficam com mal cheiro. E sim, eles são mais independentes, mas isso não significa que sejam menos carinhosos. O Chaplin e a Chris ficam esperando a gente abrir a porta quando chegamos, e eles vêm correndo ficar passando nas nossas pernas. Quando estamos deitados, eles ficam vindo ficar perto da gente, deitam no nosso colo, etc, então vai muito da personalidade de cada gato mesmo. Quando eles estavam na feira dentro da gaiolinha, nós jurávamos que a Chris seria a mais carinhosa, porém no dia a dia, o que sempre tá junto, que é todo carente é o Chaplin (e também é o mais bagunceiro). Ele se joga no nosso colo e adora deitar na dobrinha do nosso pescoço. Já ela nem sempre quer isso. Às vezes prefere ficar só perto, mas sem tanto contato.
Então não existe melhor ou pior entre cães e gatos. Eles são apenas diferentes. =)

IMG_6707

O cuidado com eles

Cuidar dos gatos não é nada complicado. No dia a dia, se eles têm comida, água e areia disponível, está tudo tranquilo. O que é preciso se preocupar é apenas com o  FIV (vírus da Imunodeficiência Felina) e FeLV (Vírus da Leucemia Felina). Principalmente se a pessoa já tem outros gatos, é importante fazer o teste pra ver se algum possui o vírus, já que ele é contagioso (não pra humanos. Só entre eles) e não tem cura.
Outra coisa que pode ser tranquila também é com relação a viagens em que eles não possam ir. Se for por um tempo curto, não existe muito problema eles ficarem sozinhos, desde tudo esteja certinho pra eles. Recentemente fizemos uma viagem de 4 dias e deixamos bastante água e comida nos potinhos. Mas ainda assim pedimos pra um amigo ir lá em casa pra ver se estava tudo certo, então ele deu uma limpada na areia e trocou as águas. Foi tudo muito tranquilo! Se fosse uma viagem maior iamos ver a possibilidade de: ou deixar com alguém cuidando, ou colocá-los em um hotelzinho. Veríamos o que seria mais viável pra gente e melhor pra eles.

De resto, adotar é só amor e estamos muuuuito felizes com a Chris e o Chaplin, que são as coisas mais fofinhas e amorosas desse mundo.

03

Se quiser saber mais sobre o Projeto Resgate de animais, pode acessar o site deles ou a fanpage no facebook.

Autora

Paola Ramos

Mineira, 30 anos, leonina, designer, e acha que é fotógrafa nas horas vagas. Adora conhecer novas culturas, tradições e principalmente experimentar a culinária de cada local. Criou o blog para deixar registrado os lugares que já foi e mostrar dicas que possam ajudar quem quer ir.

Author Social Media Icons

33 Comments Adotamos gatinhos! E agora?

  1. Thiago Ribeiro da Silva dezembro 12, 2016 at 8:24 pm

    Era um pouco cético com relação a gatos mas depois de minha mulher me pedir tanto, um dia pedalando nas roças da minha cidade, achei uma galerinha numa casa bem simples e a senhorinha me disse que alguém tinha deixado eles por la! Daí no outro dia fomos lá e trouxemos 3 pois sempre ficavam juntos e ficam até hj! E depois arrumamos um quarto integrante pra fechar a gangue! Huehuehue… Parabéns pela ação de adotar! Valeu…

    Reply
    1. blogfuiali dezembro 13, 2016 at 1:16 am

      levaram 3 de uma vez e agora já tem 4?? hahaha isso que é amor! mas gatinhos são apaixonantes mesmo… se eu pudesse teria mais tb! <3

      Reply
  2. Amanda Querobino novembro 4, 2016 at 7:36 pm

    Ola!
    Que iniciativa bacana!Onde eu moro não tem metrô mas imagino que dar de cara com feira de adoção na minha rotina iria fazer com que minha casa fosse repleta de animais!
    Gostei muito do post, em relação a adaptação os donos precisam de muita paciencia e amor né!
    As fotos estão lindas! Parabéns pelo post bonito e com conteúdo interessante!

    Bjs

    Mandy

    Reply
  3. Mariana Faian novembro 4, 2016 at 7:19 pm

    Meu Deus eu to completamente apaixonada por essa história! Eu amo gatos, já tive uma bebê mas por conta das mudanças de residência eu tive que entregar a outro alguém que pudesse ser mais estável pra ela. Morro de vontade de adotar novamente, mas meu tempo é corrido demais e pouco eu poderia estar com meu gatinho. Que esses dois possam trazer ainda mais amor a vocês <3

    Reply
  4. Bruna Curi novembro 4, 2016 at 6:36 pm

    Oi, tudo bem com você?
    Já adotei duas gatinhas e simplesmente morro de amores pelas duas <3 gatos são animais muito lindos, e aos poucos a minha mãe está perdendo o "preconceito" que tem por eles.
    Bjs e sucesso com o blog!

    Reply
  5. Adriane Melo novembro 4, 2016 at 5:42 pm

    Meu Deus que post mais fofo! Adotar é tudo de bom né? Eu sou apaixonada tanto por gatos como cachorros. Qdo morava com meus pais nós adotamos 5 gatos e tinhamos 2 cachorros, e o amor era igual a ambos. Que m fala que prefere cachorro realmente é porque não conhece ou nunca teve gatos, eu já tive e posso afirmar que eles tem mto apego e amor aos donos da mesma forma que os cães. Atualmente tenho 2 dálmatas, quero mto arrumar um gatinho tbm, meu dálmata mais velho adora gatos, ele não pode ver o do vizinho que começa a abanar o rabinho querendo brincar. Tudo vai da criação, se vocês forem amorosos com os gatinhos eles vão retribuir o mesmo amor. Bjs!

    Reply
  6. Poliane Brandão novembro 4, 2016 at 5:40 pm

    ownnnn quanto amor,aqui em casa tem uma gatinha siamesa e também foi adotada ,eu acho muito interessante como eles se preocupam em saber se o animalzinho está bem ,e como ele está sendo tratado ,após uns 15 dias de adoção a responsável fez uma visita surpresa ,pra ver se estava tudo bem

    Reply
  7. Dandara novembro 4, 2016 at 5:18 pm

    Olá, Paola você acredita que eu prefiro gatos ? Acho que é pelo fato deles serem mas rejeitados, as pessoas normalmente querem cachorro, eu sinto um amor por gatos incondicional, quando vejo algum em uma situação de risco eu até choro, infelizmente não posso adotar um, já tive um e perdi, o que deixa meu coração doído até hoje só de pensar. mas enfim parabéns pela sua atitude e sua amor a eles, tenho certeza que são eternamente gratos a vocês. um beijo;.

    Reply
  8. Daiany Macedo de Castro novembro 4, 2016 at 5:09 pm

    Seu blog é fofo.
    Posso confessar uma coisa? Eu já fui dessas que dizia que gostava mais de cachorro do que gato. Hoje n sou mais assim. Na casa dos meus pais só tivemos cachorro, e algumas tentativas de ter gatos, mas eu tinha muita alergia de começo, e eu sou uma pessoa que sou dificil de pegar amor, e querer ficar no colo e passar a mão, sabe? Não sei pq, mas é de mim isso.
    Entendo o que vc falou sobrer eles serem diferentes, e tudo depende da personalidade. Tenho uma cachorrinha minha que eu trouce dos meus pais, ela n é minha cachorra, ela é uma filha. Mas vejo que ela é diferente, n é como outra que tive, e nem como outros que conheço, ela é mto individualista, como se fosse um gato.
    Eles são lindos…
    Digo que não sou mais assim com os gatos, pq hj meus pais tem gato, e eu a amo.. é mt linda, aprendi que ela é diferente tbm. Beijos

    Reply
  9. Tarsila Martins novembro 4, 2016 at 4:35 pm

    Amei a postagem <3 amei demais! Super apoio a adoção de animais de estimação <3 Vocês têm muito carinho por esses gatos, deu pra perceber pelo modo que vocês cuidam deles! E eles ainda são castrados! Não tem maior ato de amor do que castrar nossos bichinhos, Eu gosto mais de cachorros, confesso, mas ultimamente venho criando um amor por gatos também. Só não adoto um pois meus pais não gostam muito, e já foi difícil convence-los de ter um cachorrinho, imagine outro animal.
    Sou fã de vocês!

    Beijos!

    Reply
  10. Débora Alvim novembro 4, 2016 at 4:32 pm

    Realmente, adoção é uma coisa bem séria mesmo… Adorei as fotos dos gatinhos, principalmente a do banquinho <3 Vou entrar na fã page desse projeto para dar uma conferida sem compromisso… Acho gatinhos bem fofos, mas não posso ter nenhum por causa da minha alergia 🙁

    Reply
  11. MICHELE RAGGIO novembro 4, 2016 at 4:24 pm

    Pra ser honesta eu não sou a maior fã de gatos, mas acho eles fofinhos e claro além de não maltratar não gosto que ninguém o faça é que meu perfil é mais próximo de cachorro. Achei muito legal a atitude de vocês, a adoção de animais é algo que deveria ser muito mais amplo do que realmente é! Parabéns!!!!

    Reply
  12. Leticia Seki novembro 4, 2016 at 4:23 pm

    Ownnn! que amor e que atitude linda! Eu sou doida por cachorros, tenho alergia a gatinhos, mas acho eles tão fofoooos! Parabéns pela iniciativa em dar dicas de adoção! Amei teu post!
    Bjj
    Lets

    Reply
  13. Sthefani novembro 4, 2016 at 4:18 pm

    Primeiramente, gostaria de te parabenizar pelas fotos, estão lindas! Arrasou demais. E segundo, parabéns por esse gesto tão lindo <3 Eu dou do #timecachorros hahaha mas acho fofo também os gatos <3

    Reply
  14. Julianne Rodrigues outubro 30, 2016 at 3:06 pm

    Eu já tive uma gatinha, meu pai chamava de Maricota e eu só conseguia chamar de Bebê, castramos ela, e passou pouco tempo após sua recuperação, e alguém roubou ela de mim. Fico muito triste com isso. Mas foi a primeira e única gata até agora que tive, e foi uma boa experiência, mas ela realmente, era muito fria, só vinha quando queria comer, fora isso, nunca, ela rejeitava quando eu dava carinho, mas tinha dias que ela deixava. Dar banho nela não era tão difícil, pelo menos ela não arranhava kk Pois tentei dar banho no gato do meu namorado e to com uma marca no dedo, por conta da fuga dele né, mas já está curando.

    Beijos,

    Reply
  15. JANNI outubro 28, 2016 at 5:17 pm

    ADOREIIII TEU BLOG ,QUE LUGARES INCRÍVEIS VCS JA VISITARAM ,PORTO DE GALINHAS E MUITO LINDOO,AMEI DEMAIS PARABÉNS PELAS FOTOS ,E COMO VCS CONSEGUEM FAZEM AGORA QUE TEM UM GATINHO ..ELE ACOMPANHA VCS NA VIAJEM???
    BJOS JANNI BAPTISTA

    Reply
    1. blogfuiali novembro 6, 2016 at 11:56 am

      Nós temos amigos que moram perto da gente, então deixamos os gatinhos em casa mesmo e pedimos pra algum amigo ir dar uma olhada neles pelo menos dia sim dia não, pra limpar a caixinha de areia, trocar água, etc… <3

      Reply
  16. alana zoz outubro 28, 2016 at 5:08 pm

    Gatos, enchem nossa vida de amor né? Infelizmente eu tenho alergia, mas antes de descobrir eu tinha um branquinho.E é melhor ainda quando fazemos uma boa ação, adotando essas belezinhas e trazendo pra perto da gente. PArabéns pela atitude.

    Reply
  17. Larissa Marquês outubro 26, 2016 at 4:26 pm

    Eu amo gatos ! mas tenho 2 cachorros em casa que não suportam a ideia de ter felinos na mesma área que eles haha Aqui em Marília também tem muita feira de adoções de animaizinhos, da vontade de levar todo mundo pra casa ! Haha amei o post amor ! Suuper beijo !!!

    Reply
  18. Nicoly Millanez outubro 22, 2016 at 1:40 am

    Amo gatos <3 Eu mesma já tive 12 em casa! Todos eles eu peguei da rua. Hoje, tenho só 3.
    Adorei seu post, sério, é maravilho! E as fotos então, uma mais linda que a outra. Parabéns pelo post, e boa sorte com essa duplinha haha.

    Reply
  19. Luenda outubro 22, 2016 at 12:44 am

    Que lindooooo, eu tenho gatinhos e o meu amor por eles é imenso…
    Adotar é lindo e querendo ou não, eles vão acabar fazendo parte da familia <3 VocÊ vai ter uma linda experiência com eles!!!
    Beeijos <3

    Reply
  20. Iracema Tukayana outubro 22, 2016 at 12:26 am

    Que historia mais linda. Parecia estar assistindo um filme lendo seu post. Eu já tive os dois e simplesmente amo animais. Parabéns e felicidades com os novos membros da família 😙

    Reply
  21. Paula Cardoso outubro 22, 2016 at 12:22 am

    OOOOOOOOOOHHHHHHHH amei seu post.
    Só não fazia a menor ideia que o processo de adoção era assim. Tal como você pensei que chegava, preenchiam uns documentos e trazia os bichinho para casa 🙂 erro meu…
    Os gatinhos são lindos e parece que pararam na família certa. Dão e recebem muito amor. Parabéns!

    Reply
  22. Mônica Ambrósio outubro 22, 2016 at 12:19 am

    Primeiro, eu adorei sei blog! Amei a identidade de super bom gosto! Minimalista e direto, sabe?! Bom, super me identifiquei! Rs As fotos são muito legais também! Faz com que a gente se sinta próximo.Parabéns!
    “prefiro cachorros, gatos são frios” Olha, eu confesso, eu também prefiro cachorros. Mas acho que é porque eu nuca tive gatos! hehe
    Mas enfim, eles são fofos! Muito bacana essa iniciativa de doação e adoção. Os bichinhos merecem!

    Beijos

    Reply
  23. Akemig outubro 21, 2016 at 11:52 pm

    Ai que amorr
    Parabéns pela adoção ter animais de estimação é muito bom

    Reply
  24. Jaynne Nunes outubro 21, 2016 at 11:44 pm

    Esse post fui um dos melhores que já vi até hoje, tenho cinco gatinhos e falam que sou louca kkkkk, todos foram adotados. E sou muito feliz por tê-los comigo, minha mãe também sempre quando vê um abandonado ela pega pra ela. kkk
    ameeeeei

    – Jaynne Nunes

    Reply
  25. May Rangel outubro 21, 2016 at 11:42 pm

    Morri de amores neste post. Juro, fiquei até emocionada aqui. Principalmente por amar animais. Aqui em casa tem cinco cachorros e dois gatos. Isso mesmo! hahaha As despesas são divididas. ( isso é bom).
    Mas que lindo o gesto de vocês. E isso que me emocionou. Espero que eles tragam alegrias e que façam a vida de vocês muito mais gostosa haha
    amei as fotos. Eles são lindos *-* <3

    Sucesso sua Linda!

    Reply
  26. Clara Oliveira outubro 21, 2016 at 11:38 pm

    Amo cães, mas também sou apaixonada por gatos! Realmente muitas pessoas dizem preferir o cão por ser mais companheiro mas, na minha opinião não existe nada disso a verdade é que o gato demora mais tempo para se apagar,a confiar do que o cachorro, mas gatos são uma companhia e tanto!Beijinhos!

    Reply
  27. Jujuba outubro 21, 2016 at 11:37 pm

    Haá um ano adotei um gatinho, ele se chama Soneca. Minha mãe vivia dizendo que nao gostava de gato, que era bicho traiçoeiro… Mas não passava de preconceito. Soneca quase não dá trabalho e é um amor! Quando alguém fica triste ele sente logo, hoje minha mãe é apaixonada! Se fosse possível eu teria uns 10 kkk

    Reply
  28. Laura outubro 21, 2016 at 11:32 pm

    bela atitude tanto da adoção quanto de não separar os irmãos, boa sorte com os gatinhos

    Reply
  29. Segredos da Juh Costa outubro 21, 2016 at 11:22 pm

    Ahhhh que lindezaaaa, fiquei apaixonada por eles <3
    Aqui perto de casa tem um chamado fumaça e ele vem todos os dias na minha garagem pra ganhar carinho.
    Tenho 2 cachorras e por isso não posso ter gato, uma delas não aceita de jeito nenhum.
    Eu amei a boa ação de vocês e parabéns pela iniciativa :*
    Parabéns e muito sucesso!

    Reply
  30. Paula Marcondes outubro 21, 2016 at 11:14 pm

    Quando amor num post só., Eu tinha um gato de 10 anos que faleceu há uns meses e ainda estou traumatizada Mas penso num futuro adotar um filhote. Acho lindo e necessário. Eles também tem suas necessidades de amor e carinho.; Parabéns pela atitude.
    beijo

    Reply
  31. laiane carvalho outubro 20, 2016 at 4:57 pm

    Olha só, eu gosto mais de cachorros sabe? Amo cachorros, já tive muitos. Não curto muito gatos..
    Mas, esse post é bom pra quem gosta!

    Reply

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *