Ilha do Japonês – Um paraíso de águas cristalinas em Cabo Frio

Que o Rio de Janeiro é um estado cheio de praias lindas, todo mundo já sabe! Mas por mais que a gente ache que já conhece tudo, sempre tem um lugarzinho novo que a gente descobre e se apaixona, e foi assim com a Ilha do Japonês, em Cabo Frio!

A Ilha do Japonês é um paraíso que até pouco tempo nunca tinhamos ouvido falar! Já tínhamos ido a Cabo Frio e apesar de ter andado bastante por lá, não sabíamos nada sobre essa Ilha. Foi um dia vendo por acaso um vídeo no facebook que me dei conta de que esse lugar lindo ficava lá, e claro, precisávamos conhecer!

Ficamos hospedados em um hotel que fica na esquina da rua que dá acesso a essa Ilha (falamos da nossa hospedagem aqui). Para chegar na Ilha do Japonês, existem algumas opções. Como estávamos do lado dela, pegamos um barquinho (pagamos R$ 5 cada) e em menos de 5 minutos já estávamos nela. Mas há também a opção de ir de carro.
Colocamos aqui um mapa partindo do Centro de Cabo Frio, e nesse trajeto demora em torno de 21 minutos.

Outra opção é ir de barco a partir do canal de Itajuru. Ao longo do canal ficam alguns desses barcos que nós usamos pra ir, e eles aparecem o tempo todo, então é só sinalizar pra algum que você tem interesse em ir, e pegar.

 

A ILHA

Á água é absolutamente cristalina e é muito raso. É ideal pra criança já que na maior parte a água bate mais ou menos no joelho.
O tamanho da área de areia é bem pequeno, de maneira que dependendo de como estiver a maré, sobra um espaço muito pequeno pra colocar canga/cadeira, então é sempre bom consultar primeiro como está a maré.
Por ter esse espaço reduzido, quando a Ilha está cheia é quase impossível encontrar um local pra ficar na areia, então se você for em alta temporada, tente sair de casa o mais cedo possível pra não encontrar problemas de onde ficar.

DICAS

A primeira dica é a que já falamos acima, de chegar cedo caso seja alta temporada. Outra coisa muito importante é que se você gosta de ir pra praia pra ficar o dia todo, talvez seja melhor levar um lanchinho, porque lá não tem barraquinhas como na maioria das praias. Existem algumas mas elas ficam mais afastadas, então se não quiser se deslocar muito é melhor levar alguma coisa pra beliscar onde você for ficar mesmo.

Também não há cadeiras e guarda sol pra alugar como a maioria das praias, então se quiser algo assim é melhor levar o seu próprio.

Levar o próprio saquinho de lixo também é sempre bom! Lá tem algumas lixeiras pontuais, mas é chato ficar saindo do lugar pra ficar procurando onde está a próxima lixeira né? Então o melhor mesmo é juntar seu próprio lixo.

Quer ver mais fotos da Ilha? Siga no instagram @blogfuiali e acompanhe esses e outros lugares que fomos.

 

Autora

Paola Ramos

Mineira, 30 anos, leonina, designer, e acha que é fotógrafa nas horas vagas. Adora conhecer novas culturas, tradições e principalmente experimentar a culinária de cada local. Criou o blog para deixar registrado os lugares que já foi e mostrar dicas que possam ajudar quem quer ir.

Author Social Media Icons

11 Comments Ilha do Japonês – Um paraíso de águas cristalinas em Cabo Frio

  1. Priscilla Fujihara abril 22, 2017 at 12:50 pm

    Nossa, nunca tinha ouvido falar tb!! Que lugar lindo!!
    Acabamos sempre ficando em Búzios e Arraial, da próxima vez com certeza daremos um pulinho em Cabo Frio para conhecer! Obrigada pelas dicas!

    Reply
  2. Fabíola Moura/Família que Viaja Junto abril 21, 2017 at 6:40 pm

    É incrível que ainda existam lugares assim, pouco conhecidos e bem preservados. Apesar de não ter infraestrutura com barraquinhas e cadeiras, acho que isso torna o lugar ainda mais tranquilo e acolhedor. Pra mim, é até uma vantagem, rs.

    Reply
  3. Luciana Rodrigues abril 21, 2017 at 6:33 pm

    Esse lugar é um velho conhecido, mas faz tanto tempo que não volto, que acredito estar mais do que na hora de me planejar.

    Reply
  4. Makenna abril 21, 2017 at 5:47 pm

    Um paraíso, não existe outra descrição!
    Quero poder contemplar esse paraíso em dia de semana e fora de temporada, porque final de semana fica bem difícil, tanto é que quando visitamos, foi difícil fotografar sem ninguém por perto.
    Abraços.

    Reply
  5. Dalila Barakat abril 21, 2017 at 4:58 pm

    Puxa, também nunca tinha ouvido falar. Adorei a dica, obrigada.
    Foi pra minha wishlist. 🙂

    Reply
  6. Analuiza (Espiando Pelo Mundo) abril 21, 2017 at 10:33 am

    Quem diria que no Brasil tem um paraíso assim?! Esse nosso Brasil tem é de tudo! As fotos estão maravilhosas com este lugar incrível como cenário! 🙂

    Reply
  7. Christian Gutierrez abril 21, 2017 at 9:58 am

    Que lugar é esse lindo demais, parece as águas do Caribé, ótima dica para o verão

    Reply
  8. Francisco Piazenski abril 21, 2017 at 3:30 am

    Olá vou estar em Arraial por esses dias, e tinha muita vontade de conhecer a Ilha do Japonês, e as fotos ficaram muito bonitas, acho que vou dar uma passada ´por lá!!

    Reply
    1. blogfuiali abril 21, 2017 at 10:02 am

      Passa sim Franscisco, vc não vai se arrepender! E é tão pertinho que dá pra vc ir na Ilha e depois voltar pra alguma praia de Arraial sem problemas! =)

      Reply
  9. Gê Azevedo abril 20, 2017 at 11:22 pm

    Que paraíso! Acredita que eu nunca tinha ouvido falar??
    Preciso conhecer!

    Reply

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *